De todos os 11 brasileiros que disputaram a competição ela foi a única que garantiu medalhas

Catia está classificada para a final
Foto: Roberto Castro/rededosesporte.gov.br

Desde que saiu a confirmação da participação da Catia Oliveira no Campeonato Mundial, os treinos da atleta se intensificaram e focaram na busca de medalhas na competição. Catia passou os últimos meses treinando de forma intensa, tanto a parte da mesa como a parte física com academia e fisioterapia.

Nessa sexta-feira (19) a mesatenista conseguiu um grande feito e a coroação de todo seu trabalho ao garantir medalha no Mundial. Na manhã ela já havia vencido a russa Nadejda Pushpasheva, atual número 3 do mundo, por 3×0, parciais de 11/4, 11/7 e 11/9.

Na semifinal, Catia fez história ao vencer atual número 2 do mundo na Classe 2 (atletas cadeirantes com baixa mobilidade), Giada Rossi por 3×2, parciais de 11/7, 11/7, 6/11, 5/11 e 11/4.

A partida foi emocionante do começo ao fim. Catia, muito focada, começou a partida muito forte, impondo seu jogo e vencendo os dois primeiros sets com parciais de 11/7 e 11/7. Mas a italiana reagiu, apostando principalmente em seu saque curto conseguiu empatar a partida em 2×2 com parciais de 6/11 e 5/11.

No set de desempate Catia conseguiu manter a calma e impor novamente seu jogo, abusando de recurso de jogadas balões, a brasileira fechou a partida com tranquilidade em 11/4.

A italiana Giada Rossi, era até então uma “pedra no caminho” de Catia. As duas haviam se enfrentado duas vezes nesse ano de 2018 e em ambas a Giada havia levado a melhor.

Catia comemora junto com equipe a classificação para final
Catia comemora com seu companheiro de equipe e seleção Cláudio Massad (Foto: Roberto Castro/ rededoesporte.gov.br)

Com a classificação Catia faz história e se torna a primeira brasileira a disputar uma final individual de Mundial. Dos 11 brasileiros que disputaram a competição a atleta foi a única que garantiu uma medalha.

Amanhã às 7h15min (horário de Brasília) a brasileira disputa a final da competição em busca da medalha de ouro contra a sul-coreana Su Yeon Seo (atual número 1 do Mundo).

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous reading
Prata de Catia Oliveira é o melhor resultado do país em Mundiais de tênis de mesa
Next reading
Catia Oliveira está na semifinal do Mundial de Tênis de Mesa da Eslovênia